Como Registrar uma Música em 5 Passos Simples e Práticos

por | Mais Renda

Se você é compositor e já possui músicas autorais, com certeza sempre quis saber como registrar uma música.

Se no entanto você não sabe os procedimentos não se preocupe. Neste artigo você irá aprender como registrar uma música em 5 passos descomplicados.

Muitos compositores não sabem o quanto podem perder se não registrarem suas músicas, pois, com o registro de músicas autorias, eles terão retornos financeiros por cada vez que sua música for tocada.

No entanto, sabemos que muitos compositores não vivem de shows, eles apenas vendem os direitos das suas composições, o que atualmente é algo bem rentável se você souber fazer seu marketing musical.

Antes de mais nada, algo que todos os compositores devem ter cuidado são com os conhecidos plágios.

Cuidado com os plágios

Não é de hoje que é possível acompanhar notícias de plágios no meio musical, um exemplo disso foi o caso do guitarrista Joe Satriani.

Nesse caso, ele moveu um processo por plágio contra a banda Coldplay. O caso em questão foi sobre a música If I Could Fly ter sido plagiada e ter a melodia na música Viva la vida do Coldplay.

Os 7 Verbos do Marketing Musical

Além disso, muitos outros casos ocorreram, como a banda Angra sendo plagiada pelo grupo Parangolé.

Contudo é importante ressaltar, que não é só a questão de princípios. Como também de que os artistas que sofrem plágio ou tem músicas roubadas, perdem muito dinheiro quando sofrem esse tipo de golpe. Por isso é fundamental ter sua música registrada.

Atualmente é possível registrar tanto músicas instrumentais como músicas com letras (poesias). No entanto existem algumas diferenciações na hora de registrá-las. Nesse caso, na música instrumental será necessário possuir as partituras. No entanto, músicas com letra, o registro será somente da poesia.

Primeiramente, entenda que qualquer pessoa pode registrar uma música. Antes de tudo vale salientar que você só receberá direitos se algum artista reproduzir a sua música. O registro por si só, apenas lhe resguarda caso ocorra algum plágio.

Agora que já falamos da importância do registro de músicas, portanto, vamos ao passo a passo para aprender as registrá-las.

Passo 1 – Entenda a lei para registar músicas

Entenda a Lei de Registro de Música

Para entender como funciona a questão de lei sobre plágio, deixaremos o link com a Lei de direitos autorais que fala sobre isso, assim você saberá os seus direitos em lei. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9610.htm

Passo 2 – Registre sua música no papel

Registre sua Música no Papel

Após ler um pouco sobre a lei, você precisa ter suas músicas digitadas, elas precisam estar sem erros e bem editadas. Depois de reuni-las, entre no site da biblioteca nacional https://www.bn.gov.br/  lá você irá acessar a páginas de Registro de Obras Intelectuais.

Passo 3 – Hora de registrar sua música

Registrando Música na Internet

Estando na página citada no item anterior, você irá procurar por registrar músicas, Observe a tabela de valores. É importante salientar que você possui duas opções de registro, seja ele em formato de coletânea ou música individual.

A diferença está relacionada ao financeiro, se for individual, você irá pagar por cada música, se for coletânea, será um único valor.

O registro e/ou averbação para pessoa física custa R$ 20,00 (até o dia de publicação deste artigo) no entanto, existem variações que poderão ser observadas na tabela onde constam todos os valores.

Passo 4 – Solicite uma GRU

GRU de Registro de Música

Feito o passo de número 3, em seguida você irá solicitar uma GRU (Guia de Recolhimento da União). No site da biblioteca nacional existe um modelo de GRU, e uma tabela com os documentos para pedido de registro. Em alguns casos, no entanto, você pode solicitar e eles irão enviar por e-mail, em outros, é só baixar a GRU no site.

Você irá preencher com seus dados e anexar alguns documentos que serão solicitados, depois disso, você deverá imprimir e efetuar o pagamento e enviar toda a documentação para a biblioteca nacional.

Passo 5 – Aguarde a confirmação do registro da música

Esperando Confirmação de Registro

Depois de efetuado o pagamento, você irá aguardar a análise das músicas, essa etapa pode levar algum tempo.

Logo após a aprovação você será informado e finalmente terá sua música registrada, e assim estará seguro para poder fazer o que quiser com elas.

Aprender o passo a passo de como registrar uma música é fundamental se você quiser ser um compositor profissional. Com isso, você estará cuidando de seu trabalho, seu patrimônio, pois isso merece toda a atenção possível para evitar plágios e você ser lesado por terceiros.

Bônus: Entrevista com especialista em registro de música

Em conclusão, para complementar este conteúdo, vou disponibilizar abaixo uma entrevista especial que fiz em 2017 com a especialista em registro de música e direito autoral, Bruna Campos.

Neste bate-papo falamos não só sobre como registrar uma música, como também ser um compositor ou artista de sucesso. Por isso, se você deseja viver de música vale a pena assistir:

Esta entrevista faz parte do II Workshop Hotstages, que foi ao ar em 2017. No entanto as inscrições para este workshop estão encerradas. Mas não se preocupe, você também pode ter acesso a um conteúdo muito importante sobre music business através do meu livro, “Os 7 Verbos do Marketing Musical“.

Os 7 Verbos do Marketing Musical
Pacote Completo Hotstages

Seja um Membro da Hotstages e Tenha Acesso a Todos os Cursos

Pare de quebrar a cabeça com conteúdos soltos na internet e tenha acesso a todos os cursos para profissionalizar sua carreira musical:

Marketing Musical com Lucas Xavier
Como Vender Shows pelo Instagram
Guia de Youtube para Artistas
Curso Spotify Dominado
Treinamento Music Ads
Bônus » Curso Plataformas Musicais
Bônus » Manual para Turnês

17 Comentários

  1. caiqueamorim@hotmail.com

    Olá,

    Eu contratei um musico para fazer um cover de uma musica para usa-la em um vídeo institucional da minha empresa e postei no instagram.
    É possível registrar essa versão para que principalmente outras pessoas não utilizem ela em outros videos na internet ?

    Responder
    • Lucas Xavier

      Nesse caso não. A sua versão é copia da original.

      Responder
  2. marcos lima

    Olá, você é filho do Homem de Ferro? Muito bom o conteúdo informativo, parabéns.

    Responder
  3. Gabriel

    Ainda não fiz mais já agradeço ..muito obrigado lucas

    Responder
  4. Allex Martinelly

    Quero abrir um espaço para registro de músicas peças tudo na arte quero saber como proceder ou me filiar a algum órgão que o faça 21980855934

    Responder
  5. IRANILDA

    Fiz uma versão de uma música de um compositor americano e gostaria de saber como proceder para o registro da letra. Pode me ajudar ?

    Responder
  6. Lucia da Silva Moreira

    Foi muito boa as dicas e as orientações

    Responder
  7. Antonio Carlos da Rosa

    Muito bom isso, parabéns ajudou muito essas informações.

    Responder
  8. Gislaine Raimundo Santana

    Lucas você foi o máximo nos dando essa dica. Estarei hoje mesmo dando início ao registro das músicas de meu rouxinol Roger Muniz.
    Obrigado por divulgar seu conhecimento e ajudar tantos taletos verdadeiros.

    Responder
  9. Mary

    Boa tarde, muito boa a matéria sobre Registro de Música. Obrigado. Agora me surgiu uma dúvida, eu deverei enviar minhas letras para a Biblioteca Nacional, certo, eu não conheço as pessoas que vão analisar minhas músicas ou letras. Como posso verificar se minhas letras não vão parar na mãos de outras pessoas, que possam usa-las?
    Desculpe perguntar, já ouvi histórias desagradáveis de alguns colegas.

    Responder
  10. Ana Clara Barbosa Ferreira

    Olá! Obrigada pelo artigo! Eu tenho uma dúvida, há alguma diferença entre registrar a música em um país ou outro? É possível registrar a música em dois sites de diferentes países ou o plágio está guardado no mundo todo mesmo no registro em apenas um site? Obrigada!

    Responder
  11. Marcio Mourão

    Poxa, que conteúdo bacana, ajudou demais Lucas parabens!

    Responder
    • Vitor

      Oi VC e emprsario

      Responder
  12. Deyvisson Silva

    Muito interessante esse artigo. Me ajudou bastante
    forte abraço

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *