3 pontos que você precisa saber sobre o mercado musical

3 pontos sobre o mercado musical

Muitos artistas iniciantes começam uma carreira sem ao menos entender o mercado musical. Isso causa grandes dificuldades para conseguir fechar shows ou conquistar mais fãs. No vídeo abaixo falei sobre 3 coisas altamente importantes que qualquer artista iniciante precisa entender sobre a indústria musical. Assista! 

PONTO #1 – O que é o próprio mercado musical

Na indústria musical, as definições de mercado são muito fáceis de identificar. Vamos imaginar que o mundo da música seja um grande país, onde cada estado represente um gênero ou segmento musical. Um estado é o rock, outro é a MPB, outro o Samba e por aí vai.

Nesta comparação, o país é toda à indústria musical, que é o mercado. E os estados são iguais aos nichos, que são os segmentos musicais.

  • Mercado = Indústria musical
  • Nicho = Segmento musical (rock, samba, axé e etc.)

Muitas vezes o mercado é confundido com o nicho e vise versa. Mas você tem que entender que mercado musical é um só, e as grandes gravadoras sabem disso, tanto que artistas de diferentes segmentos musicais recebem o selo da mesma gravadora.

PONTO #2 – Cada nicho do mercado musical é um universo a parte

O público e os profissionais de cada segmento musical vivem isolados em sua bolha, divididos pelo vasto território que possui o país.

Em cada região temos os segmentos preferidos da população. Embora estejam nas mesmas regiões alguns estilos são bem diferentes. No sudeste, por exemplo, temos o sertanejo, funk e o pagode que são completamente diferentes. Por serem freqüentes na mesma região, os públicos se misturam, criam rivalidades e pré-conceitos.

Tome cuidado ao criticar gêneros musicais que sejam populares na mesma região em que está seu público. Isto gera antipatia de pessoas que tem preferência pelo gênero criticado, fazendo com que elas tenham rejeitem sua arte sem sequer conhecê-la.

Cada segmento musical tem seus gostos próprios, seu jeito de falar, se vestir e se comportar. Chamamos isso de tribo. Todo artista precisa fazer parte de sua própria tribo e compartilhar dos mesmos sentimentos e gostos do seu público e buscar não ofender ou criar intrigas com outras tribos, caso contrário você poderá ter problemas.

PONTO #3 – Como acessar pessoas influentes dentro do seu nicho musical

Entendido tudo isto, é importante que você conheça os principais profissionais dentro do seu nicho, radialistas, blogueiros, críticos, compositores, produtores, donos de casas noturnas e etc. A internet será sua aliada neste passo.

Na maioria das vezes, estas pessoas influentes se conhecem e tem relações pessoais e profissionais entre si, facilitando seu trabalho. Se você encontrar uma e conseguir uma forte parceria com ela, o acesso a outras pessoas influentes fica mais fácil.

Tome cuidado pra nunca incomodar e gerar antipatia destas pessoas, nada de pedidos ou bajulações, e nem tente forçar amizades, não será assim que você chagará até lá ok.

Dica Importante: Faça uma lista dos nomes mais influentes do seu nicho ou segmento, classificando eles entre as letras A, B, C e D.

Os tops players devem estar no nível A, e os menos influentes na B, C e D por ordem de influencia. Geralmente, os que estão no nível D são mais acessíveis e conhecem os nomes do C e assim sucessivamente. Tenha estes nomes em uma planilha e quando a oportunidade de conhecer algum deles aparecer, não perca.


Quer aprender mais sobre o mercado musical?

Conheça nosso curso de marketing musical. O Módulo #1 tem como objetivo introduzir os artistas ao mercado musical. Mostrando os pontos que precisam ser decididos para que você comece sua carreira com o pé direito. Você vai aprender coisas importantes como:

  • Como escolher o segmento certo para começar
  • Como fazer uma pesquisa do seu segmento musical
  • Como selecionar e entender seu público alvo
  • Como agradar seu público e gerar mais afinidade
CONHEÇA O CURSO COMPLETO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.